Resenha: Minha vida agora - Meg Rosoff

Gênero: Drama/Ficção/Romance 
Editora: Galera Record
Paginas: 176
Autor: Meg Rosoff 
Recomendo: Para quem tem a mente aberta e esta com vontade de ler livros diferentes do clichê.
O Melhor:  Os personagens foram muito bem desenvolvidos apesar de ser um livro com poucas páginas.
O Pior: O tipo de narrativa me incomodou um pouco no começo, eu não diria que foi horrível, apenas me incomodou um pouco.
Frase Favorita: “Depois de todo esse tempo, eu sei exatamente aonde eu pertenço, e é aqui com Edmond e é assim que eu vivo agora”.
Personagem Favorito: Piper

Sinopse: Uma garota nova-iorquina de 15 anos desembarca na Inglaterra, enquanto uma nova grande guerra está prestes a começar, para passar uma temporada com a tia e quatro excêntricos primos totalmente desconhecidos. Na imensa casa de campo, longe da agitação de Manhattam e dos conflitos com a nova madrasta, grávida do bebê que pode lhe tirar o pouco que lhe resta do pai, Daisy descobrirá o amor, o desejo, a liberdade de um cotidiano sem adultos e o valor da amizade verdadeira.

Resenha:
Eu comprei esse livro a alguns messes, e apesar de não ser o tipo de livro que eu normalmente leria eu decidi dar uma chance, principalmente por que vi o trailer do filme (que saiu há pouco tempo) e achei bem legal, preciso dizer em primeiro lugar que o filme não faz jus ao livro, ele modificaram muita coisa e acho que a essência dos personagens foi perdida completamente, então se você se interessar pela historia leia o livro primeiro antes de ver o filme, por que ver o filme primeiro pode te desanimar completamente.

Agora falando do livro, ele é bem curtinho e apesar disso é uma leitura bem forte, inicialmente eu achei que ia ser uma daquelas estórias que você lê só por diversão, não pensei que fosse ser a serio, mas acabou sendo, tudo começa bem leve com a Daisy indo pra casa da tia dela, o relacionamento dela com o Edmond e depois da uma decolada com a guerra começando e ela sendo separada dos primos e tendo que lutar pra sobreviver e também proteger a priminha dela a Piper, como minha amiga diz “isso escalou rápido" e é assim mesmo, eu chorei em alguns momentos, mas também ri, é realmente uma mistura de emoções, é um relato bem interessante sobre essa garota cheia de problemas que acaba se deparando com a guerra, bem quando a vida dela começava a fazer sentido. 

O livro é todo em primeira pessoa, com a Daisy narrando tudo o tempo todo, e normalmente a leitura ficaria chata com esse tom de diário, mas foi exatamente ao contrario a Daisy é uma ótima protagonista que me fez rir muito e também chorar, e eu me apeguei a ela em todos os momentos do livro, até mesmo quando ela estava reclamando, e preciso avisar que ela tem muitas ondulações de humor, em um minuto ela esta feliz em outro revoltada, em outro apaixonada enfim mil emoções mano UHASUAHSUH.  Já os outros personagens do livro são tão intrigantes quanto à protagonista, os gêmeos com seus "poderes" misteriosos e a fofa da Piper que me fez me apaixonar por ela, um dos melhores personagens que eu tive o prazer de conhecer (nos livros lógico).
O romance entre Daisy e Edmond é bem mágico, e eu sei que muita gente não vai aprovar por que os dois são primos, mas tentem manter a mente aberta e vocês vão gostar. (quem vê a novela das 8 já deve ta se acostumando com relacionamento entre primos)

0 comentários:

Deixe seu comentário