Resenha: A Promessa

Sinopse: Ela havia perdido todas as esperanças... e encontrou um homem que cumpre suas promessas...
Beth Cardall tem um segredo. Durante dezoito anos, ela não teve escolha senão guardá-lo para si, mas, na véspera do Natal de 2008, tudo isso está prestes a mudar.

Para Beth, 1989 foi um ano marcado pela tragédia. Sua vida estava desmoronando: sua filha de seis anos, Charlotte, sofria de uma doença misteriosa; seu casamento transformou-se de uma relação aparentemente feliz e carinhosa em algo repleto de traição e sofrimento; seu trabalho estava por um fio e ela perdera totalmente a capacidade para confiar, ter esperanças e acreditar em si mesma.

Até que, um dia extremamente frio, após atravessar uma nevasca até a loja de conveniência mais próxima, Beth encontra Matthew, um homem misterioso e encantador, que mudaria de uma só vez o curso de sua vida.


Autor:   Richard Paul Evans
Editora: Lua de Papel [ Editora Parceira]
Páginas: 288
Gênero: Drama, Romance.
Ano: 2011

Resenha:

Em primeiro lugar eu ouvi muita gente falando que não queria ler esse livro porque era triste e deprimente e tudo mais, então eu fiquei relutante em comprar afinal eu gosto muito mais de romances felizes do que tristes, mas quando me enviaram pela parceria que eu tenho com a Leya eu me comprometi em ler e para ser honesta eu gostei, tem suas partes tristes e partes românticas, mas não foi um livro que eu quis arrancar meus braços de tanta tristeza, na verdade me lembrou um pouco os livros do Nicholas Sparks, tanto na escrita como no tema e como eu sou uma super fã do Nicholas claro que me envolvi com a historia.

Eu não quero revelar spoiler do livro porque realmente se eu abrir a minha boca vai perder a graça, mas posso dizer quem em muitas partes eu fiquei surpresa e eu não diria um pouco surpresa eu digo MUITO surpresa, você começa a pensar em possibilidades do que vai acontecer e isso prende você totalmente no livro.

Eu fiquei realmente sensibilizada pelos dramas da Beth, quer dizer a vida dela não é nada fácil muito menos as decisões que ela tem que tomar na vida dela, e também tem o problema da Charlotte a filha de Beth que esta super doente, eu admito que pessoalmente fiquei rezando para tudo ficar bem com elas, porque esse é um livro que faz você se solidarizar com os personagens e desejar que fique tudo bem.

Agora preciso dizer que no momento que o Matthew aparece no livro eu fiquei tipo UAAAAAAAAL mega interessada, principalmente pelo simples fato de que ele é maravilhoso, honestamente eu acho!

“Einstein afirmou que a coisa mais bonita que podemos vivenciar é o mistério. Talvez por isso que Matthew seja tão bonito para mim.

Diário de Beth Cardall”

Resumindo esse é um daqueles livros ou ame ou odeie, mas vale à pena ler para tirar suas próprias conclusões, desculpem por a resenha ser pequena, mas eu não sei lidar bem com spoilers, e não quero ficar revelando detalhes importantes do livro porque eles que fazem você se prender ao livro.

O que você precisa saber antes de começar a ler o livro:



- Amo aquelas frases do diário da Beth são ótimas e eu realmente me identifiquei com algumas delas.



- Já falei isso, mas repito se preparem para se surpreender, ou não se você for um gênio dos livros UHASUHASUHA brincadeira

- Já amava Truly Madly Deeply antes do livro, mas enfim.

- Você vai chorar se for uma pessoa romântica no mínimo.

- É um livro tão curtinho e isso me deixou chateada.

- Amo essa capa.

- A escrita do Richard intimidade com o autor é tipo ótima eu amei.

- Esse livro foi enviado para mim, pela parceria com a Lua de Papel.

Classificação:



0 comentários:

Deixe seu comentário